Marsala

Na pontinha da Sicília encontramos a província de Marsala, famosa pela história renascentista, pelos sítios arqueológicos, pelas belas paisagens que emolduram o pôr-do-sol, e pela reserva natural com suas salinas. Mas, acima de tudo, Marsala é famosa pelos seus vinhos fortificados capazes de encantar o mundo!
 
Pense no mapa da Itália. O salto da famosa bota é Puglia, ou Apulia, de onde vêm os vinhos da denominação de origem controlada Primitivo di Manduria!
 
Montepulciano é um nome que pode gerar alguma confusão. Mas é simples desfazê-la.
 
 
Essa é uma das regiões vinícolas de maior reputação no mundo! Só isso já seria um bom motivo para conhecê-la melhor. Mas a história de Châteauneuf-du-Pape tem ainda muito mais a oferecer para os amantes do vinho!
 
Para começo de conversa, sempre é bom se localizar, não é?
 

Valpolicella

A “pérola de Verona”, no norte da Itália, é a zona vitivinícola de Valpolicella, cujo nome dizem significar “Vale de muitas Adegas”.
 

Côtes du Rhône

Vamos por partes, e vamos “começar do começo”. Rhône é um dos principais rios da Europa, que nasce na Suiça e desce pelo sudeste francês, desaguando no Mar Mediterrâneo. O Vale do Rhône, formado pelo rio, é onde fica a região vinícola do Rhône. E Côtes du Rhône é a principal denominação de origem (Appellation d'Origine Contrôlée) desta região.
 

Moscato D'Asti

O Moscato d’Asti é um vinho típico da região do Piemonte, e do qual os italianos têm muito orgulho, com razão.
 

Vinho do Porto

O Vinho do Porto é um vinho licoroso produzido na Região Demarcada do Douro. Mais do que isso, o Vinho do Porto é um grande embaixador de Portugal, mundo afora.
 

Vinho Verde

Muita gente não sabe, mas Vinho Verde é uma denominação de origem. E esses vinhos, chamados Verdes, podem ser brancos, rosés e tintos.
 

Sauternes

Esse é o vinho de sobremesa mais famoso de Bordeaux, e um dos mais apreciados no mundo inteiro!
 

Pouilly-Fumé

Um nome engraçado. Mas um vinho para ser levado muito a sério! Venha conosco, conhecer os vinhos da denominação de origem Pouilly-Fumé!
 

Sonoma Valley

A pouco mais de uma hora de viagem a partir de São Francisco, na Califórnia, fica Sonoma Valley, terra de excelentes vinhos!
 

Jerez

Em português, Xerez. Em inglês, Sherry. Originalmente, na espanhola Andaluzia, Jerez. Chame como preferir. Mas não perca a chance de conhecer esse vinho.
 

Barolo

O vinho Barolo é a melhor expressão da uva Nebbiolo, produzido no sopé dos Alpes, na região italiana do Piemonte. Este é, sem dúvida, um dos mais interessantes e famosos vinhos tintos do mundo, e é um típico exemplo de vinho que fica cada vez melhor com a idade!
 

Bardolino

Na região do Vêneto, os vinhos da denominação de origem Bardolino são produzidos na própria cidade de Bardolino, e em 15 cidades ao seu redor, próximas ao Lago di Garda. A região é um charme. O vinho, também.
 

Bolgheri

Bolgheri é uma exceção à regra, quando o assunto é vinho italiano. Entenda o motivo.
 

Franciacorta

O italiano é um povo com fama de quem gosta de festejar. O vinho espumante é um vinho com fama de comemorativo. Parece combinar, então... E combina, mesmo!
 

Tejo

Essa região, anteriormente conhecida como Ribatejo, encontra-se em uma extensa planície, ao longo do vale do rio Tejo, o principal rio da Península Ibérica.
 

Cahors

Se você acha que o Malbec nasceu na Argentina, está mais do que na hora de conhecer Cahors, na França!
 

Alentejo

Esse é um dos nomes mais emblemáticos dos vinhos portugueses, e um dos mais importantes no cenário da produção mundial de vinho, sabia?
 

Campanha Gaúcha

Muito se fala a respeito do desenvolvimento do vinho brasileiro, nos últimos anos. Mas pouco se fala, ainda, nos terroirs específicos que temos no nosso país. A Campanha Gaúcha é um desses terroirs. Venha conosco, conhecê-la.
 

Vale dos Vinhedos

Um dos mais preciosos legados da imigração no Brasil! Localizado na Serra Gaúcha, colonizado por italianos, a maioria vinda da região de Trento, e do Vêneto. Assim é o Vale dos Vinhedos!
 

Madeira

A Ilha da Madeira, descoberta em 1419 e pertencente a Portugal, fica a 600 km da costa africana. Esta é uma ilha com nome de vinho. E este é um vinho, com nome de ilha.
 
Essa região é uma das mais belas paisagens da Toscana, na Itália. Está nos arredores de importantes centros culturais, como Florença e Siena. Além disso, desfruta de excelente reputação, em função dos vinhos que produz, exibindo o status de DOCG (Denominazione d’Origine Controllata e Garantita) . Sejam todos bem-vindos a Chianti!
 

Lanzarote

A ilha mais oriental do arquipélago espanhol das Ilhas Canárias. Vamos conhecer Lanzarote, e seus vinhos!
 

Romanée-Conti

Bem-vindo à Borgonha, terra dos vinhos Pinot Noir mais elegantes do mundo! Mas, mais especificamente, terra da denominação de origem Romanée-Conti, um ícone dos vinhos!
 

Banyuls

O nome Banyuls significa banho, já que a cidade que leva esse nome foi construída perto da costa, à beira do Mediterrâneo. E é dessa pequena cidade, de 5.000 habitantes, que o vinho Banyuls empresta o seu nome.
 

Pomerol

Pomerol é a menor área de produção de vinho na região de Bordeaux. Mas, como diz o ditado, é nas menores embalagens que estão os melhores perfumes! Ou os melhores vinhos, por que não?
 

Sancerre

O Loire é o mais longo rio da França. O Vale do Rio Loire, conhecido como o Jardim da França, é famoso pelos castelos e paisagens magníficas. E também pela sua longa rota de vinhos, que inclui Sancerre.